• English
  • Português
Share |

Inauguração do Arquivo Histórico da F.C.T e Criação das Bolsas José Mattoso

Inauguração do Arquivo Histórico da F.C.T e Criação das Bolsas José Mattoso

No passado dia 19 de Dezembro, a Fundação para a Ciência e Tecnologia (F.C.T.) abriu ao público o seu arquivo histórico, que conta com cerca de 3,5 quilómetros de documentação com informação sobre a ciência em Portugal. É constituído por mais de 40 mil pastas, com documentação desde 1967, data em que foi criada e Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (J.N.I.C.T.), antecessora da F.C.T. A coordenação do projeto coube ao Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa (IHC/FCSH-UNL), em parceria com o Instituto dos Arquivos Nacionais e à Fundação Mário Soares. A inauguração contou com a presença do ministro da Educação e da Ciência, Nuno Crato, do antigo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Mariano Gago, e do historiador José Mattoso.

Durante a cerimónia foi anunciada a criação das Bolsas José Mattoso, uma de Mestrado e outra de Doutoramento, que têm como objetivo a investigação histórica sobre o desenvolvimento da ciência em Portugal. De acordo com o historiador, “não deve haver um hiato entre o passado, o presente e o futuro e é o arquivo que garante a funcionalidade dessa acumulação de saber e a possibilidade de haver um verdadeiro desenvolvimento”.